Cozinha

7 termos da culinária que você sempre quis saber, mas nunca perguntou

7-termos-da-culinaria-que-voce-sempre-quis-saber-mas-nunca-perguntou.jpeg
Escrito por Tritury

Provavelmente você já deve saber que existem inúmeros termos da culinária, não é mesmo? Eles, normalmente, são ditos por profissionais da cozinha ou por pessoas que, em algum lugar, conheceram-nos e passaram a utilizá-los. Essas palavras curiosas são da gastronomia mundial e se referem a tudo que envolve o ramo, como técnicas de preparo, utensílios e os próprios alimentos.

Com base nisso, resolvemos apresentar neste post 7 termos cujos significados você sempre quis saber, mas que, por algum motivo, nunca perguntou. Acompanhe!

1. Mise in place

Termo francês que significa “pré-preparo”, o mise in place está relacionado com a técnica de fazer a organização prévia de tudo aquilo que se encontra na cozinha. Ao fazer o mise in place, você já deve deixar os utensílios que irá usar separados e adiantar todos os procedimentos possíveis, como descascar legumes, cortar carne e medir a quantidade dos ingredientes.

2. Chinois

O chinois nada mais é do que uma peneira metálica, geralmente em formato de um cone, que possui a malha muito mais fina do que as demais. Ele costuma ser usado para coar molhos, caldos e cremes que devem ficar bem lisos. Também é possível usá-lo com preparos quentes, já que é um utensílio resistente ao calor.

3. Al dente

Bastante comum nas cozinhas do dia a dia, o termo al dente é italiano e é utilizado para definir o grau de cozimento de alguns alimentos, como massas, cereais e hortaliças. Para atingir esse ponto, o ingrediente deve estar cozido, mas não se desmanchar na boca, ou seja, ainda apresentar certa resistência ao mastigar.

4. Brunoise

É um famoso procedimento da cozinha francesa que determina um tipo de corte específico. Assim, cortar em brunoise significa cortar os alimentos, em geral vegetais e frutas, em quadradinhos regulares e bastante pequenos.

5. Confit

Outra técnica na gastronomia francesa, o confit é a conserva de algumas carnes, como de pato e de porco, na gordura do próprio animal. Atualmente, o termo também vem sendo utilizado para definir o tipo de cozimento em que o alimento é submerso em gordura e que acontece em baixíssimas temperaturas.

6. Mirepoix

Esse termo define a mistura de quatro ingredientes considerados aromáticos: cenoura, salsão (ou aipo), alho poró e cebola. O mirepoix costuma ser picado, salteado em um pouco de gordura (azeite ou manteiga, em geral) e depois usado para oferecer uma base de sabor em preparações como sopas, caldos e cremes.

7. Roux

Por fim, o roux também saiu da França para conquistar o mundo. Nessa técnica, a farinha é cozinhada com a manteiga em quantidades iguais até formar uma mistura homogênea e espessa. Ele é utilizado como uma base para engrossar caldos.

O molho branco é um exemplo: inicialmente deve-se fazer o roux e, quando ele ficar no ponto adequado, acrescentar, ou poucos, o leite já aromatizado. O resultado vai ser um molho espesso e brilhoso.

Agora que você aprendeu alguns termos da culinária, que tal colocá-los em prática? Escolha uma receita especial e a prepare para surpreender seus amigos e familiares com seu desenvolvimento na cozinha!

Você conhece o significado de algum outro termo que não foi citado aqui? Conte-nos nos comentários!

Sobre o autor

Tritury

Deixar comentário.

Share This