Dicas

Casa sustentável: como aplicar a sustentabilidade residencial?

casa-sustentavel-como-aplicar-a-sustentabilidade-residencial.jpeg
Escrito por Tritury

Nos últimos anos, a busca por uma casa sustentável veio aumentando cada vez mais, não é verdade? Isso vem acontecendo porque a população está começando a perceber as mudanças climáticas e como as fontes de recursos naturais estão se degradando rapidamente, causando um impacto direto na vida de qualquer pessoa.

Pensando nesse assunto, resolvemos apresentar no post de hoje o que realmente é a sustentabilidade residencial e como é possível aplicá-la no dia a dia de sua casa de maneira prática, simples e que faz toda a diferença para o ambiente natural.

Se você tem curiosidade sobre o assunto, continue lendo este post!

Afinal, o que é a sustentabilidade residencial?

O conceito de sustentabilidade residencial está diretamente relacionado com a consciência em relação à necessidade de preservar o ambiente natural em que o ser humano vive. Portanto, é possível afirmar que esse é um movimento que busca maneiras de diminuir o impacto negativo causado à natureza por ações do homem dentro de sua própria casa.

Assim, ter uma casa sustentável significa praticar ações que sejam menos piores ao meio ambiente e aos recursos naturais, uma vez que a vida humana depende exclusivamente de tudo que vem dele, como água e alimentos.

Como ter uma casa sustentável?

Atualmente, existem várias maneiras de buscar a sustentabilidade residencial: desde a construção do imóvel até a finalização. Entretanto, existem algumas dicas fáceis e práticas de serem aplicadas no dia a dia e que geram uma contribuição significativa para reduzir os impactos negativos à natureza, além de serem ações que caracterizam uma casa sustentável. Confira!

1. Troque as lâmpadas atuais por lâmpadas de LED

As tradicionais lâmpadas incandescentes gastam uma quantidade de energia muito maior do que as de LED. Por esse motivo, a primeira dica é que você troque toda a iluminação atual de sua casa por esse tipo de lâmpada, considerando que ela é mais durável e chega a diminuir em até 80% o consumo de energia.

2. Utilize trituradores de alimentos

A segunda dica está relacionada ao descarte de resíduos alimentares. Utilizar um triturador de alimento é uma maneira prática, econômica, cômoda e sustentável de descartar todo o lixo orgânico.

Em geral, esse é um aparelho instalado debaixo da pia e que pica em micro pedaços todas as sobras de alimentos, fazendo com que eles sejam levados até o esgoto por meio da corrente de água da própria torneira.

Além disso, o triturador evita o desperdício de água, consome pouquíssima energia (o gasto é quase zero), elimina o uso das sacolas plásticas e permite que a higienização da área seja realizada com muito mais praticidade e rapidez.

3. Respeite e pratique a reciclagem

Outro ponto importante é reciclar o lixo de acordo com a coleta seletiva. Busque separar os quatro tipos de lixo principais, a fim de que ele seja reciclado ou descartado da forma adequada quando a coleta passar por sua casa. Para isso, separe as quatro lixeiras e vá colocando nelas os materiais indicados:

  • papel, como jornal, caixas e revistas, na lixeira azul;

  • plástico, como sacolinhas plásticas e garrafas PET, na vermelha;

  • metal, como latas de alumínio, grampos e clips, na amarela; e

  • vidro, como garrafas, copos e embalagens de alimentos, na verde.

4. Economize energia

Por fim, mais uma dica: economize energia. Para isso, evite banhos demorados, deixe a lâmpada desligada quando não estiver utilizando o cômodo, aproveite a iluminação natural durante o dia, lave as roupas todas de uma vez e evite o desperdício de água.

Além disso, é válido mencionar que aparelhos eletrônicos em geral, como televisão, micro-ondas, computador e até mesmo carregador de celular, gastam energia só de estarem conectados à tomada, mesmo sem utilização e, por isso, devem ser retirados para economizar energia.

Agora que você já sabe incríveis dicas para ter uma casa sustentável, não perca tempo! Conscientize a sua família sobre cada detalhe e comece já a praticar a sustentabilidade, garantindo mais qualidade de vida no futuro ao proteger os recursos naturais.

Se curtiu o artigo, conheça outros benefícios dos trituradores de alimentos. Até mais!

Sobre o autor

Tritury

Deixar comentário.

Share This