Trituradores

O guia definitivo do triturador de alimentos na pia da cozinha

conteudo-avancado-o-guia-definitivo-do-triturador-de-alimentos-na-pia-da-cozinha.jpeg
Escrito por Tritury

O triturador de alimentos é um eletrodoméstico que ganha mercado a cada dia, mostrando-se como excelente ferramenta para facilitar a organização e a limpeza de cozinhas e pias.

A variedade de modelos e o custo-benefício são atrativos ainda maiores, sem contar com a redução na produção de lixo, possibilitando uma diminuição do lixo descartado em aterros sanitários e dos gases e produtos tóxicos gerados. Apesar de ser muito comum no exterior, o triturador ainda causa algumas dúvidas no consumidor brasileiro.

Pensando nisso, criamos um guia com tudo que você tem que saber acerca dos trituradores, desde a instalação à durabilidade e questões de segurança. Quer saber mais? Confira a seguir!

Por que ter um triturador de alimentos em casa?

A principal função do triturador é reduzir o lixo orgânico, transformando-o em partículas minúsculas de resíduo orgânico que são eliminadas pela pia no próprio sistema de esgoto. Os materiais que podem ser triturados são, principalmente, restos de alimentos, como frutas, legumes, folhas, ossos de frango e cascas.

Os resíduos orgânicos provocam odores, atraem insetos e animais e têm um impacto enorme no meio ambiente, com a eliminação de gases (por exemplo, o gás metano) e poluição do solo e lençol freático em aterros e lixões.

Esses materiais são considerados “lixos molhados”, com o descarte simplificado desse lixo, o que resta na residência são “lixos secos”, tais como plástico, vidro, metal e papel, que podem ser separados e reciclados posteriormente.

A pegada sustentável e a praticidade são algumas vantagens, o triturador é, ainda, uma maneira higiênica e segura de se eliminar restos de comida. Os modelos mais modernos podem custar de R$ 900 a R$ 3000, dependendo da capacidade, da potência e da marca.

O investimento é logo recompensado, quando se avalia a eficiência, o pouco gasto de energia e água e a durabilidade, em média de 10 a 20 anos sem manutenção. Os trituradores da linha Tritury Tweeny contam, ainda, com garantia de 3 anos.

Como funciona?

Trituradores, como os da linha Tritury, fazem a fragmentação da matéria orgânica por meio de um sistema de trituração, que contém um disco e anel de corte em aço inoxidável, localizado na lateral do equipamento. É um dos sistemas mais seguros e evita qualquer acidente.

Outros aparelhos, que utilizam facas e marteletes, podem ser menos seguros, caso não utilizados da maneira indicada pelo fabricante.

O equipamento é acoplado ao ralo da pia, assim todo material que passar por ele (seja água ou resíduo), entrará no sistema e logo em seguida, seguirá o caminho normal pelo encanamento até o esgoto. O triturador funciona, basicamente, como um sifão.

O triturador só pode ser usado quando acionado e com água corrente. Assim, durante a lavagem de pratos e utensílios culinários, os restos orgânicos podem ser triturados normalmente, poupando água e reduzindo os restos. Com o acionamento apenas pelo botão, é facilmente desligado e qualquer objeto que caia dentro do ralo pode ser retirado de maneira segura.

É bom ficar atento ao que está sendo jogado no triturador: materiais não orgânicos, como madeira, plástico, alumínio e papel, não podem ser triturados e, ainda, podem causar danos às peças.

Como é a instalação?

As ferramentas de trituração são facilmente encontradas em lojas de materiais de construção e em sites especializados. Apesar de ser um mecanismo de fácil montagem, o indicado é que você faça a contratação de uma equipe qualificada e instruída para fazer a instalação. A maioria das marcas disponibiliza equipes de assistência técnica próprias ou de distribuidores.

Como é um equipamento que substitui o ralo comum, pode ser colocado em casas mais antigas ou em construção, basta seguir as especificidades de cada triturador. Em termos gerais, existem três requisitos básicos.

O primeiro é que a abertura da pia, que deve ser de inox, deve ser de 4.5 polegadas. Além disso, o equipamento precisa de um ponto de eletricidade acima da bancada — para posicionar o botão de acionamento, o interruptor — e um ponto abaixo — para conectar o sistema de trituração. Para atuar como um sifão normal, são necessários 30 cm do fundo da pia para o posicionamento do bojo e a colocação no sistema hidráulico da residência.

O triturador de alimentos gasta muita energia e água?

Essa é uma das dúvidas mais comuns. Ao contrário do que se pensa, o gasto energético do equipamento é muito baixo e não causa grandes alterações na conta no final do mês, uma vez que é usado por um curto período (apenas quando ligado) e poucas vezes ao dia.

O mesmo acontece com o gasto de água. Para ligar o equipamento, é obrigatório ter água corrente, o tempo é curto, a quantidade não é tão expressiva e não precisa ser água limpa. O recurso pode ser reaproveitado de outros usos, o mais prático é utilizar a água da própria lavagem de utensílios, panelas e pratos.  

Quais são os cuidados básicos?

Para evitar problemas com o equipamento, os próprios fabricantes indicam a maneira mais correta de fazer a limpeza. Com o tempo, algumas partículas podem ficar no sistema e podem prejudicar o funcionamento.

O método mais comum é colocar frutas cítricas e gelo no triturador e ligá-lo, sem esquecer de deixar a água escorrer até o final da trituração, geralmente a cada 45 dias.

Lembre-se, também, de que não é recomendável triturar materiais mais duros e resistentes. Fique atento a ossos maiores, espigas de milho, restos muito fibrosos ou gordurosos e talos grandes. Materiais  como casca de frutas e legumes ,restos de comidas em geral, ossos de frango entre muitos outros  podem ser triturados.

O triturador de alimentos é mais uma solução tecnológica que faz a diferença no dia a dia. Mais que uma maneira prática e higiênica de eliminar o lixo orgânico das residências, é também uma maneira que ajuda o meio ambiente e reduz a poluição dos centros urbanos, sem deixar a segurança de lado.

É uma excelente opção para as casas brasileiras e tem espaço também para ser usado em restaurantes , hotéis, refeitórios  e indústrias, por exemplo.

Quer saber mais sobre nossos trituradores? Conheça nossa linha de trituradores para residências!

 

Sobre o autor

Tritury

Deixar comentário.

Share This